A convite,  CANCÚN,  MÉXICO,  SER (A)GENTE

2 RESORTS QUE VALEM A VIAGEM EM CANCÚN

Review de dois Resorts que valem a viagem em Cancún

Natália Dobrotnick foi a Cancún em Outubro de 2020. A viagem estava originalmente programada para Março, e foi alterada devido a pandemia do Covid-19.

A convite da Interep Viagens, operadora parceira, me hospedei em dois hotéis aclamados da região de Cancún. Aqui conto um pouco sobre o que achei de cada um.

Hotel Xcaret México

É um hotel totalmente voltado para os turistas conhecerem o melhor da cultura Mexicana. Quando você esta “passando um tempo” no hotel, não se ouve aquelas musicas que estão nas paradas do rádio (musica ambiente). É o tempo todo música Mexicana. Em certas ocasiões, à beira da piscina, tem apresentações com os mariachis. E nos restaurantes sempre uma atração
voltada a cultura do México também.

O Hotel é divido em casas, eu fiquei na casa Vento. Além destas, tem a Terra, Agua, Fogo e Espiral. As casas Agua e Fogo são somente para adultos e são os primeiros apartamentos do Resort. O Hotel está construindo mais 900 apartamentos que serão somente para adultos.

Pontos altos:

  • O Hotel é muito lindo, tem uma vista incrível.
  • Também possui uma igreja para realização de casamentos.
  • Piscina com bar molhado e restaurante (melhor comida fica aqui)
  • Nessa piscina principal e perto também de outro restaurante Las Playas (a noite eles apagam as luzes e fazem uma “baladinha” após o horário do jantar com músicas ao vivo e DJ)
  • Próximo a piscina também tinha um carrinho de comida que fica quase o dia todo fazendo hambúrguer e outro de crepe.
  • Café da manhã – muito bom!!! Várias opções!
  • O apartamento é perfeito, todo novinho, nossa vista era Jardim e na sacada tinha uma rede. Fomos recebidos com vinho e todos os dias colocavam petiscos, arrumavam o quarto todos os dias. Ah um itém interessante: eles tem guarda-chuva em todos os quartos, em alguns momentos em Cancun sempre cai uma pancada de chuva, mas logo passa…
  • Todos os hóspedes recebem uma pulseira, que seria o cartão chave para entrada no quarto. Ela é totalmente a prova dagua, pode tomar banho e entrar no mar sem problemas.
  • Opção de parques Xcaret incluso na diária. O Hotel tem como denominação ao invés de All Inclusive, é All fun Inclusive, por conter os parques incluso. Vale ressaltar que não é exatamente tudo incluído! Estão incluídos: o transporte até os parques, ingressos, refeições dentro dos restaurantes e alguns brinquedos (reforço este ponto pois, em alguns parques, algumas atividades são pagas).Ao chegar no Hotel Xcaret, no final do dia, na televisão do seu quarto fica passando as fotos que eles tiram de você durante o dia nos parques (se você quiser pode comprar as mesmas na recepção).
  • O Hotel tem um serviço gratuito de transfer para os parques, eles funcionam de 30 a 30 minutos.
  • É um resort que oferece MUITAS atrações, que você vai descobrindo aos poucos, e acredite, não irá conseguir desbravar tudo.

Para alinhar as expectativas:

  • Praia: O Hotel não tem em frente aquela praia que esperamos de Cancun. O mar é um pouco agitado e há bastante pedras.
  • Acessibilidade: O hotel é bem grande e não vi opção de carrinhos de transporte de um lugar para outro.
  • Não há banheiros próximos à piscina.

Hotel Palmaia – The House of Aia

Eu simplesmente fiquei apaixonada por esse hotel. Ele tem um conceito totalmente diferente, é baseado em um conceito holístico, voltado a hóspedes que buscam tranquilidade e querem reconectar com si mesmo.

O Hotel oferece serviços para todo o nosso corpo, porém focado em nossa mente.

Tive a grata experiência de praticar pela primeira vez Yoga e conhecer o ritual do som (conhecido como Banho de Gong), onde ficamos deitados de olhos fechados apenas relaxando e ouvindo o tocar do gongo tibetano.

Pontos Altos:

  • O Hotel é novíssimo, inaugurou esse ano.
  • Por ser um hotel em “linha reta” todos os quartos tem vista mar!!! O meu que era o “mais simples” tinha uma cama King gigantesca, e mais a frente uma cama tipo beliche onde acomoda casal + duas crianças. Ainda na cama abaixo tem uma auxiliar. Esse beliche fica próximo e de frente a Janela do quarto, onde se você deixar a cortina aberta acorda olhando o mar.
  • O serviço de quarto é um destaque, super caprichado.
  • O apartamento possui dois chuveiros. Sendo assim não tem briga pra quem vai tomar banho primeiro e tem duas pias também para harmonia da casa.
  • O Palmaia conta com uma praia praticamente privativa, duas pranchas disponíveis para fazer stand up. A vista é incrivel, o mar lindo. Até com o tempo nublado ou chuvoso a paisagem era divina.
  • Me senti 100% segura pra experimentar até alguns alimentos que eu não estava acostumada a comer. Alimentação é diferente mas de um jeito positivo.
  • O Hotel também é totalmente a favor da sustentabilidade. Por exemplo, já na entrada eles nos dão uma garrafa térmica, onde podemos levar conosco para usar sempre o mesmo copo evitando os descartáveis.
  • Chave de entrada – Assim como no XCaret, a chave é uma pulseira a prova de água.
  • Recomendo 100% o hotel para quem procura tranquilidade e paz.

Para alinhar as expectativas:

  • Não tem serviço de bebida na praia. Se você quer um drink ou até mesmo agua vai precisar se dirigir até o bar do restaurante ou no da piscina molhada
  • O foco é a alimentação para o publico vegano, já que ele como um bom vegano sente dificuldade quando precisa ir a alguns lugares. Eu que estou acostumada a comer carne não senti falta. Na verdade é tão gostoso quanto a própria carne. Porém o hotel não é 100% vegano, podendo assim agradar os dois publicos.
  • O Hotel tem um espaço kids, porém não tem videogames, televisão e nada eletrônico. Segue a linha da Pedagogia Waldorf!

Ambos os hoteis transcendem o conceito de uma Viagem a Cancún, uma vez que eles próprios se tornam atração. Recomendo os dois.

Por Natália Dobrotnick, Consultora de Viagens